Policial

Ex-morador de Rondônia que vivia nas ruas em Comodoro é encontrado morto; adolescente assume assassinato

João Canuto Maciel vivia em situação de rua em Comodoro

Na noite desta segunda-feira, 15, um homem de 55 anos foi encontrado morto em frente a um bar de Comodoro, cidade de Mato Grosso a 100 km da divisa com Rondônia. A vítima, João Canuto Maciel, tinha sinais de espancamento.

Segundo informações da Polícia Civil, por volta das 20h, a vítima foi encontrada morta pelo vigia de um supermercado que fica próximo do bar. Ele fazia rondas pelas proximidades, quando avistou o homem caído e acionou a Polícia Militar.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi acionada e, ao chegar no local, constatou a morte de João. Segundo testemunhas, a vítima era natural de Rondônia e estava na cidade em situação de rua.

O site apurou que a vítima era de Porto Velho e sua família foi avisada pela funerária que resgatou o cadáver. Os parentes autorizaram o sepultamento de João em Comodoro.

MENOR ASSUME
No dia seguinte ao que parecia ser um homicídio, a polícia chegou a um adolescente de 17 anos, que inicialmente negou ter cometido o assassinato, mas diante das provas apresentadas (filmagens de câmeras próximas), acabou assumindo a autoria do crime. Ele estava escondido na área rural de Comodoro.

O garoto disse que estava cuidando do bar, quando João, que vivia pelas ruas da cidade, começou a lhe xingar. O menor admitiu que, após se descontrolar, agrediu o andarilho com socos e aplicou um mata leão nele. Depois, deixou o homem desacordado na calçada, fechou o bar e foi embora.

No estabelecimento, porém, foi encontrada uma pedra partida em duas, e com vestígios de sangue. O material será analisado para confirmar se o adolescente matou o rondoniense a pedradas. O laudo da necrópsia irá revelar como o assassinato foi cometido.

Fonte: Fotos: Diário On Line
Autor: Da redação – Folha do Sul

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo