Coranavírus

FALSA CURA: Em Rondônia, casal é preso vendendo tratamento para coronavírus à sitiantes

Casal de apresentava como funcionários da Saúde

A Polícia Militar tomou conhecimento sobre um casal que estaria na zona rural de Machadinho na data de (19/05/2020) se identificando como funcionários da Saúde, abordando pessoas em casa, inicialmente para verificar o estado de saúde das pessoas, orientando sobre o Coronavírus, e posteriormente ofereciam um material pra vender, na forma de livros, revistas e medicina natural.

Várias denúncias foram feitas, moradores estavam em pânico e o casal se evadiu do local antes da chegada das equipes policiais.

Sob o comando do Tenente Lataliza, juntamente com o serviço de Inteligência Policial Militar, diligências foram realizadas para colher mais informações na data de hoje, e com isso puderam robustecer e fundamentar a prisão de ambos.

A Polícia Militar localizou os suspeitos e foram realizados os procedimentos de praxe, com eles foram encontrados todo o material utilizado na suposta venda, bem como o crachá de identificação que NÃO PERTENCE A NENHUM ÓRGÃO PÚBLICO, tudo conforme os relatos das vítimas. Após isso os suspeitos foram encaminhados para providências cabíveis, onde vão responder, em tese, pelo Artigo 45 da lei 3.688/41: Fingir-se funcionário público. Se da ocasião a apurar não constituir crime mais grave como Estelionato ou Usurpação de Função Pública.

 

 

Comentários Facebook
Fonte
Machadinho Online
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar