Policial

Homem armado faz ex-mulher de refém em hospital de Jaru e acaba sendo alvejado pela PM

não se conforma com o fim do relacionamento e sempre persegue sua ex.

A ação que resultou na libertação de uma refém e do acusado alvejado a tiros pela Policia Militar, aconteceu por volta das 21:00h desta quarta-feira (15) na recepção do Hospital Municipal de Jaru.

O acusado identificado como Wanderson, se dirigiu a unidade de saúde atrás de sua ex-companheira que estava no local em companhia do filho do casal em busca de atendimento médico, ao notar a sua presença, a mulher acionou a Policia Militar, já que ela vinha sofrendo ameaças por parte do acusado.

Ao observar a chegada da PM, Wanderson se exaltou e fez a mulher de refém, se posicionando atrás da vítima e apontando uma arma para sua cabeça. Neste momento os policiais lhe ordenaram que soltasse a refém, Wanderson não obedeceu e apontou a arma para um dos PMs, temendo pela vida da refém e do colega, os policiais fizeram dois disparos contra ele.

O acusado caiu ao solo e a vítima saiu ilesa. Wanderson foi levado para a emergência, onde três médicos realizaram seu atendimento e após agirem por cerca de duas horas, conseguiram estabilizar o paciente que foi encaminhado com escolta policial para a cidade de Cacoal.

As últimas informações são de que seu quadro clinico continua estável. Wanderson não se conforma com o fim do relacionamento e sempre persegue sua ex.

A recepção do HM ficou por alguns momentos isolada até a realização dos trabalhos periciais.

 

Jaruonline

Comentários Facebook
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar