Policial

Homem é preso suspeito de matar mulher a pauladas na frente do filho em Ji-Paraná

A vítima, de 32 anos, era técnica em enfermagem. Parentes dela dizem que o casal estava em processo de separação, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento.

Foi preso nesta quinta-feira (27) em Ouro Preto do Oeste (RO) o homem suspeito de matar a esposa a pauladas em Ji-Paraná (RO). O crime aconteceu na última terça-feira (25) na frente de um menino de quatro anos, filho do casal.

O suspeito começou a ser procurado logo após o crime. Até que durante a tarde desta quinta, o homem parou em um quartel da Polícia Militar (PM) pedindo ajuda, pois o combustível da motocicleta dele estava acabando. Um dos policiais que estava no local o reconheceu, então ele foi preso.

Segundo registrado no boletim de ocorrência, o homem confessou aos policiais que no dia do crime teria tido um desentendimento com sua esposa e no momento de fúria desferido pauladas contra ela. Depois disso, ele disse que fugiria sentido Buritis (RO), onde seus pais moram.

O homem, a motocicleta e um aparelho celular foram encaminhados à delegacia de polícia para as providências cabíveis. A Rede Amazônica tenta localizar a defesa do suspeito.

Delegado explica como aconteceu a prisão de homem suspeito de matar mulher
Delegado explica como aconteceu a prisão de homem suspeito de matar mulher

O crime

Objetos encontrados na cena do crime — Foto: Foto: Élida Geovana/Rede Amazônica
Objetos encontrados na cena do crime — Foto: Foto: Élida Geovana/Rede Amazônica

A técnica em enfermagem, de 32 anos, foi morta a pauladas na última terça-feira (25) pelo próprio companheiro, um homem de 43 anos. Uma testemunha contou que escutou gritos e pedidos de socorro vindos da casa vizinha e quando abriu o portão viu o marido da vítima agredindo a mulher, que já estava muito machucada.

Ainda de acordo com a testemunha, a vítima correu para o quintal da casa e o homem foi atrás desferindo pauladas na cabeça dela. O filho do casal, de 4 anos, presenciou o ocorrido e pediu para o pai parar de bater na mãe, no entanto, o suspeito só parou depois da vítima cair no chão. Após as agressões, o suspeito fugiu em uma motocicleta.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e socorreu a vítima ao Hospital Municipal, onde recebeu atendimento médico, mas não resistiu e morreu pouco depois.

A perícia técnica esteve no local. Na casa foi encontrada uma faca de serra quebrada e na parte externa, um tijolo com muito sangue. Onde a vítima caiu, foi localizado um pedaço de madeira com sangue e cabelo da vítima. Os objetos foram entregues à Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp).

Segundo parentes da vítima, o casal estava em processo de separação, mas o homem não aceitava o fim do relacionamento.+

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo