Vilhena

Mãe do menino que morreu carbonizado segue internada na UTI após uma semana em Vilhena

De acordo com o depoimento do pai à polícia na semana passada, a esposa teria se queimado ao tentar salvar o filho das chamas no sofá de casa.


A mãe do menino de 3 anos que morreu carbonizado em casa há uma semana em Vilhena (RO), no Setor 12, continua internada em estado grave na Unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital Regional do município.

De acordo com o depoimento do pai à polícia na semana passada, a esposa teria se queimado ao tentar salvar o filho, que teria ateado fogo no sofá de casa enquanto brincava com um isqueiro.

O incêndio se espalhou pela sala do imóvel rapidamente e foi apagado com a ajuda dos vizinhos, porém o menino acabou sendo carbonizado pelas chamas.

Após o incidente, a mãe da criança foi socorrida e encaminhada ao Hospital com queimaduras espalhadas pelo corpo.

A Polícia Civil segue investigando o caso.

Comentários Facebook

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo