Colorado

Morador de Colorado do Oeste procura por familiares deixados no Paraná à mais de 50 anos

Separação ocorreu quando seu Antônio ainda era bebê.

O morador de Colorador do Oeste, Antônio Bueno, 58 anos, está a procura de seus familiares. Seu Antônio, que é pedreiro de profissão, contou que a separação ocorreu ainda quando ele tinha 1 ano e 5 meses de idade, após sua mãe morrer por conta de uma picada de cobra.

O fato aconteceu na região rural de Pensamento, Paraná. Ele está a procura das irmãs Elena, Licia, Roza, Tereza e do irmão João. Nascido em Nova Aurora, seu pai biológico se chama Jozino dos Santos Bueno e sua mãe Alzira Bueno dos Santos. Seus avós maternos se chamavam Antônio Bueno e Maria Aparecida Bueno.

Algumas informações relatam que João possa estar em Rondônia e Roza no estado de Mato Grosso. Seu Antônio do Carmo foi criado pela mãe adotiva Benedita de Jesus do Carmo (irmã de Alzira, sua mãe biológica) e pelo pai adotivo Antônio C. do Carmo.

Quem tiver alguma informação poderá estar entrando em contato no telefone da família (69)99259-7013, ou pelas redes sociais do Conesul Acontece.

 

Comentários Facebook
Fonte
Da Redação

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo