Vilhena

Novo decreto restringirá comércio em Vilhena; há apenas 1 vaga na UTI

“Amanhã ultrapassaremos o pico da primeira onda. A situação é gravíssima”, afirma secretário municipal de Saúde.


O anúncio foi feito na coletiva de imprensa realizada na manhã desta segunda-feira, 4, no auditório da prefeitura de Vilhena, na qual participaram o prefeito Eduardo Japonês, o secretário de Saúde Afonso Emerick, o ex-vereador França Silva e os vereadores Pagani e Zé Duda.

Dos 20 leitos de UTI, 19 já estão ocupados. Ontem foram internados 9 na UTI e hoje de manhã, mais 4 foram entubados.

Vilhena dispõe de 12 respiradores, com a expectativa de chegarem mais 3 que estão em manutenção.

Foi marcada para amanhã uma reunião com os municípios do Cone Sul para fazer um trabalho conjunto contra a Covid.

O posto de saúde Afonso Mansur está fazendo 200 atendimentos diários, o que não aconteceu na primeira onda. O aumento de casos é reflexo do Natal e, de aqui a 4 dias virão os casos decorrentes do Ano Novo.

A quantidade de jovens internados também é alarmante.

O decreto que será publicado amanhã, contendo as novas restrições contra a pandemia, restringirá o comércio, o esporte, praças de alimentação, casas de eventos, balneários, bares e lanchonetes.

Comércios flagrados com clientes sem máscara serão autuados.

Comentários Facebook
Fonte
Rondônia em Pauta

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo