Vacina Covid-19

Rondônia recebe mais de 7 mil doses da vacina CoronaVac nesta sexta-feira (14)

Este é o penúltimo lote que deve chegar ao estado antes que o Instituto Butantan suspenda a produção por falta de insumos.


Chegaram a Rondônia cerca de 7.400 doses da vacina CoronaVac. Elas foram enviadas pelo Ministério da Saúde na tarde desta sexta-feira (14) como complemento da última remessa.

De acordo com o gerente estadual de imunização, Ivo Barbosa, neste fim de semana uma última remessa da vacina deve chegar em Rondônia. Em seguida, o Instituto Butantan vai suspender a produção por falta de insumos e novas doses só serão distribuídas em junho ou julho.

Ivo orienta que grávidas e puérperas sejam priorizadas com a vacina CoronaVac, já que o grupo temporariamente não pode receber a vacina da AstraZeneca por recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

As doses chegaram em Porto Velho por volta das 15h (horário local) e serão distribuídas às regionais de saúde da seguinte maneira:

Ji-Paraná: 1.640
Cacoal: 840
Vilhena: 680
Ariquemes: 1.010
Rolim de Moura: 810
Porto Velho: 2.400

Suspensão da produção

O Instituto Butantan vai suspender completamente a produção da CoronaVac, vacina contra a Covid-19, por falta de matéria-prima nesta sexta-feira. O Instituto aguarda a liberação pelo governo chinês de um lote com 10 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA) para retomar a produção.

No final de abril, o Instituto já havia suspendido o envase do imunizante na fábrica do Brasil, mas os setores de rotulagem e controle de qualidade ainda funcionavam para entregar as doses para o Ministério da Saúde.

Com a entrega estimada para esta sexta-feira (14) de mais 1,1 milhão de doses da CoronaVac para o governo federal, não há mais material para processamento em nenhuma etapa de produção. De acordo com o Butantan, até a chegada de novos lotes do IFA, os setores vão assumir a produção da vacina da gripe.

Comentários Facebook
Fonte
G1Ro

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo