Cerejeiras

SAUDADES: Mãe de Deisiane Serrath relembra do retorno da filha à Cerejeiras

Passou a amar Cerejeiras escolhendo-a com pretensão de residir por longos anos.

REENCONTRO, ACONCHEGO E DESPEDIDA INESPERADA

14 de novembro de 2018…Um ano marcado por grandes emoções em virtude do retorno da ex-Enfermeira  Deisiane Serrath da Silva à Cerejeiras, após sua  ausência de  cinco meses em decorrência  de tratamento fora do domicílio. A ex-Enfermeira Deisiane, após passar a residir e prestar suas atividades laborais no Hospital Municipal São Lucas e no Presídio Estadual de Cerejeiras,  passou a amar o referido município, escolhendo-o com pretensão de residir por longos anos.

Mas pela vontade de Deus, seus planos aqui na terra foi interrompido. Ao fazermos essa retrospectivas, em meio a um misto de sentimentos como nossa Negra, costumava dizer, vamos marcar esse um ano lembrando ao máximo de coisas maravilhosas em que viveu-se com a querida Deisiane…lembrar da Deisi que fazia questão de ver todo mundo feliz…a Deisi altruísta; que amava exercer os cuidados da Enfermagem e, que fazia questão de frisar:  “Não se ver exercendo outra profissão, exceto a de médicina”…Medicina essa que também fazia parte de seus muitos sonhos.

Diante de todo o exposto,   agradeço a todos Cerejeirenses e povoados vizinhos que conviveram com minha filha no decorrer dos sete anos de convivência na cidade.  Sou franca em dizer que não carrego mágoa de pessoas algumas…uma coisa é não gostar de certas atitudes do ser humano…outra coisa é não gostar do ser humano.

Perdão por minhas falhas e algumas da minha  filha! Minha eterna gratidão a todos que direta ou indiretamente contribuíram para o bem estar da nossa sempre lembrada Deisiane Serrath da Silva. Saudades! Muitas saudades!

Delva Serrath, mãe da Deisiane Serrath.

Vídeo feito por colegas quando retornou após dias fora para tratamento.

 

 

 

Comentários Facebook
Etiquetas

Artigos relacionados

Fechar